Perfil: Felipe Borges!

Gente o perfil desta semana no blog vai ser do querido Felipe Borges!

Ele desenvolve bolsas lindas e super práticas para o dia-dia ( tudo o que uma mulher precisa né?)

Confira aqui a entrevista!

Felipe conte um pouquinho da sua história,como começou a trabalhar com moda?

-Acho que todo mundo começa da mesma maneira e comigo nao foi tao diferente assim , minha mae costurava e eu sempre adorei o toque dos tecidos , as cores dos botões e de como ela fazia uma roupa para gente .
Na adolescencia eu costurava  para os meus amigos , era  bem costumizado  , bem desconstruído  .
Quando finalmente mudei para Sao Paulo ( sou santista ) fiz assistencia para o Lorenzo Merlino – que foi incrível – e  nao parei mais de trabalhar .
-Você já trabalho em diversas empresas grandes, cuidando da parte de desenvolvimento de acessórios…  Quais empresas você já trabalhou? Como foi esta experiência?

Nossa, é verdade !Começei numa marca de bolsas que nao existre mais , chamava  se M.mortari e foi uma faculdade para mim como sou muito curioso  aprendi desde desenvolver uma coleçao de acessórios, fazer modelagens , até que tipo de costura fica melhor com cada materia, acabamentos…

Depois fui para convidado para desenvolver a 1a linha de acessórios da Levis no Brasil , ate entao todos os produtos eram feitos na China .Acredito que com essa experiencia as minhas bolsas estao mais focadas p/ aquela mulher que adora jeaswear …assim como eu .
Depois , Karga , Alphorria , Rosa Cha em dupla com Andrea Haiat , Fazendo Onda , VR , Tng … etc
Aprendi um pouco de cada empresa e levo isso p/ minha vida …so as coisas boas, claro !

– Ao apresentar suas bolsas aqui na Casa, você comentou que veio de da escola italiana de design que não costuma usar acabamento como botôes e zípers nas bolsas…Como foi sua formação na área de acessórios?
Na verdade eu sou um auto didata  , um curioso que descobriu em bolsas uma grande paixão .
Minha formação é basica ,desenho , inglês … mas tive a sorte de encontrar grandes amigos no meu  caminho que me ensinaram cada passo que eu deveria dar … pura sorte .
Tanto França quanto Italia acabam as bolsas de uma maneira mais simples, sem tantos ornamentos , como botoes , rebites …etc …adoro isso , acredito que quanto mais limpa a bolsa  mais valor ela tem .Prefiro finalizar com costura manual .
– Como é o processo de pesquisa e desenvolvimento de sua coleção?
Atualmente desenvolvo 10 peças por semana, mas meu processo é bem comum.
Escolho um tema , busco novas  referencias  , desenho um pouco a mao livre ,falo bastante  comigo mesmo ( hehehe) , escolho o materia  , modelo , costuro a peça piloto , mostro p/ 1a mulher que esta na minha frente ou seja , minha irma Fernanda  que com a minha mae sao as minhas principais criticas e depois produzo uma quantidade , de 3 a 5 peças iguais …e só !
Ninguem quer encontrar a mesma bolsa no ombro de outra pessoa  e eu respeito muito isso .
Cada mulher é unica !
– Na área de acessórios quais estilistas/marcas você admira?
Puxa , gosto de muita gente… no Brasil nao posso deixar de falar da Elisa Atheniense e  Andrea Haiat que hoje desenvolve as bolsas da Paula Feber.
Lá fora gosto da Luella Bartley , Pierre Hardy , Fendi pq os acabamentos sao manuais e poucas pessoas sabem o valor disso , Jamin Puech , Isabela Fiore  …alguns mais .
Essa marcas sao inspiradoras , tem um dna de label bem forte e estruturada .
– Conte um pouquinho da sua coleção de verão lançada aqui na Casa de Quem!
A coleção que esta na loja ,reflete bem o meu retorno ao 100% couro misturado livremente com tecido , no caso o indigo , as formas sao bem livres , geometricas – acho isso uma tendencia , com fechamentos simples e acabamentos à fio .
Achei que seria um nicho bacana , uma vez que a casa de quem nao vende jeans .
Pretendo incluir mais algumas peças no decorrer dos meses e substituir o que nao agradou as clientes .
As bolsas de couro ecologico são mais anos 80s com cores fortes e formas mais tradicionais .

-Quais as novidades e planos futuros?
Todas as semanas eu tenho novidades , crio tdos os dias , desenho , costuro peças novas e pretendo abrir uma loja em Sao Paulo ou me unir a alguem nesse empreendimento .
Quero vender em outros pontos mais ainda estou pesquisando os melhores  lugares .
Acho importante  o designer adaptar o produto  a loja onde ele vende , assim tudo fica com a mesma leitura e o cliente entende mais facil.
Segue o video da Bolsa Jungle Julia que estara na Casa De Quem! ate o final do mês :
bjo
felipeborges
Anúncios

4 Respostas para “Perfil: Felipe Borges!

  1. o felipe borges e excelente!!!
    criativo e talentoso!!!!!
    futuro prospero e prometido!!!
    amo o trabalho dele!!!

  2. lindotrabalho, das desconstruções à simplicidade. chique!
    sempre usei, sempre usarei.
    lov.e.

  3. Fora que ele é um Tesão…

  4. Pingback: moda.blog.br » Felipe Borges

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s